português (Portuguese)

We are pleased to have these Abstracts being translated by Luis Felipe Moura, in São Paulo, Brazil. Luis is a Psychoanalyst and studies Transactional Analysis through the Psychological Intelligence Foundation CIC.

Temos a satisfação de ter esses Resumos traduzidos por Luis Felipe Moura, de São Paulo, Brasil. Luis é Psicanalista e estuda Análise Transacional pela Psychological Intelligence Foundation CIC.

Volume 12

Volume 12 Edição 2 de dezembro de 2021

Análise Transacional Estrutural: Ego Selves e Estados do Ego – Causa-Efeito e Intervenções

© 2021 Jorge Alberto Close

Resumo

Este artigo identifica os determinantes fisiológicos, neurológicos e psicológicos que surgem das restrições impostas por fatores genéticos e ambientais, dando origem aos comportamentos humanos. São analisados ​​os determinantes, denominados Ego Selves, que organizam os fenômenos que Eric Berne classificou, estruturou, conceituou e definiu para moldar a análise transacional e os instrumentos de design para auxiliar profissionais e pacientes a ajustar comportamentos. Apresenta-se uma forma diferente de demonstrar a Criança adaptada, diferenciando-a do modelo de Berna onde a Criança adaptada é apresentada como parte da Criança natural. Os estados de ego da Criança Adaptada ao Pai e Adulto, ajustando sua manifestação e organização ao desenvolvimento fisiológico de seu self de ego correspondente, são identificados, propondo que a Criança Adaptada seja parte do estado de ego Pai. A contaminação é revisada e ajustada para consistência entre causa e efeito, identificando que o estado do ego contaminado é o estado do ego Pai, criando uma ilusão baseada em injunções que geram uma ilusão na porção Criança adaptada que por sua vez causa a reação emocional na criança natural, limitando consideravelmente as capacidades de intervenção do estado de ego Adulto. A análise do script é revisada e organizada indicando que o script é um plano de vida iniciado na concepção e que termina na morte, e que é indispensável para a sobrevivência, possuindo segmentos adequados e inadequados que podem limitar a expectativa de vida e a qualidade de vida. Também são identificadas ocorrências, fatores neurofisiológicos e memórias envolvidas em seu desenvolvimento e implementação. Sugestões e exemplos para o desenvolvimento integrado de estratégias e táticas de intervenção para ajustar comportamentos e cumprir contratos são apresentados na seção correspondente.

Nota: este artigo foi publicado pela primeira vez em português na Revista Brasileira de Análise Transacional (REBAT) Ano XXX 2021 e é traduzido e republicado aqui com permissão.

Desconfusão do estado de ego Criança – Um exame das principais contribuições e como a redecisão agrega à literatura

© 2021 Tony White

Abstrato

Este artigo examina alguns dos principais escritos sobre desconfusão da Criança na literatura de análise transacional. Procura mostrar como cada abordagem define os objetivos da desconfusão e os métodos pelos quais a desconfusão é obtida. Ao fazê-lo, esclarece os três métodos propostos por Berne que poderiam ser usados para tal desconfusão. Também tenta mostrar como a terapia de redecisão agrega à literatura sobre o tema, o que, ao conhecimento do escritor, não havia sido feito antes.

Desenvolvimento de um Questionário de Jogo Psicológico

© 2021 Iming Huang

Abstrato

Um estudo de pesquisa é descrito, realizado em Taiwan com 615 indivíduos em diferentes idades, níveis educacionais e ocupações, para desenvolver um questionário que medirá três componentes dos jogos psicológicos: mensagens ocultas ou transações ulteriores, troca de papéis no triângulo do drama e emoções reprimidas. É incluída uma revisão da literatura e descrito o desenvolvimento do questionário através de uma opção de pré-teste com 226 sujeitos. Os resultados das análises estatísticas são descritos e o questionário final, em inglês e chinês, é incluído nos anexos.

Pai Cultural e Aprendizagem na Sociedade do Conhecimento: Uma Pesquisa com Alunos do Ensino Fundamental

© 2021 Cesare Fregola

Resumo

Este artigo descreve uma pesquisa envolvendo 132 alunos de um curso de licenciatura em Ciências da Educação Primária da Roma Tre University. Um paradigma de complexidade foi empregado para a pesquisa, que utilizou atividades em grupo para elaborar um questionário que foi posteriormente analisado para fornecer 8 perspectivas diferentes. A perspectiva teórica subjacente envolveu a investigação da aplicabilidade do conceito de análise transacional do Pai Cultural (e os conceitos associados de Quadro de Referência, Script e Estados do Ego) como forma de entender como são necessárias mudanças nos processos educacionais para refletir como família, escola e as culturas sociais mudaram, com particular referência ao Generation App e ao crescente impacto da tecnologia nos espaços virtuais, e a necessidade de refletir a diversidade cultural.

Nota: Este artigo apareceu pela primeira vez em italiano em 2017 como ‘Genitore Culturale e apprendimento nella società della conoscenza. Un’indagine con gli studenti di Scienze della Formazione Primaria’ in Richerche Pedagogiche, 203. 59-66, e foi reproduzido com permissão.

Volume 5

IJTAR Volume 5 Número 2

Coaching de Análise Transacional Sistêmica: Um estudo de condições efetivas, consequências e efeitos na cultura organizacional

© 2014 Günther Mohr

https://doi.org/10.29044/V5I2P3

Resumo

O artigo descreve o conteúdo e o processo de um programa de coaching interno de ‘indivíduo treinado dentro de um grupo’ realizado ao longo de muitos anos na Alemanha, utilizando vários conceitos, incluindo análise transacional organizacional clássica, sistêmica e análise transacional sistêmica e três estudos de pesquisa sequenciais abrangendo a utilidade percebida do programa de coaching para indivíduos e sua organização, as correlações entre a participação no programa e o avanço profissional dentro da organização e os fatores identificados pelos participantes como contribuintes para a eficácia do programa.

O estudo inicial baseado em pesquisa identificou o fator primário como a extensão em que os participantes foram capazes de lidar com sua questão ou problema individual mais importante identificado pessoalmente. O segundo estudo aplicou QCA (Qualitative Comparative Analysis) (Ragin 1987, 2000, 2008) e mostrou uma correlação entre as variáveis ​​autônomas de participação no grupo e a variável interdependente de ‘empoderamento adicional’ pela empresa. O terceiro estudo utilizou análise de frequência e valência de respostas a um questionário preenchido por 38 gerentes para identificar os elementos-chave que eles acreditavam terem contribuído para a eficácia do programa de coaching.

O autor conclui que tais programas são eficazes, mas complexos, por isso exigem que o coach tenha experiência psicológica, pedagógica, de liderança e gestão e que isso seja aplicado dentro de uma cultura de aprendizagem organizacional.

Uma investigação sobre as necessidades de apoio de parceiros masculinos de mulheres alcoólatras na Suíça©

© 2014 Bea Schild

https://doi.org/10.29044/V5I2P17

Resumo

Este estudo exploratório apresenta a análise de entrevistas narrativas com três sujeitos realizadas na Suíça em 2009 para explorar as necessidades de apoio de parceiros masculinos de mulheres alcoólatras. Diferentes conceitos sobre estilos de enfrentamento são introduzidos e interpretados à luz de diversas análises transacionais e outros conceitos. O conteúdo das entrevistas foi categorizado segundo análise estruturante e tipificadora. Os resultados indicam que as principais necessidades de apoio dizem respeito a questões de parceria e parentalidade, à imagem do vício na sociedade e a questões financeiras e administrativas e, portanto, são diferentes dos estressores identificados por outros pesquisadores para parceiras de homens alcoolistas e de necessidades de apoio de familiares de doentes mentais.

Desafios para o desenvolvimento da avaliação de resultados de rotina em diferentes contextos de prática e culturas: uma investigação naturalista na Espanha e no Reino Unido

© 2014 Biljana van Rijn, Ciara Wild, Adina Dumitru

https://doi.org/10.29044/V5I2P28

Resumo

Uma avaliação de sessão naturalista dos resultados de rotina da psicoterapia a partir de uma série de orientações teóricas, incluindo análise transacional, usando medidas padronizadas para depressão, ansiedade, angústia geral e aliança de trabalho, foi realizada em intervenções terapêuticas concluídas por 113 terapeutas com 263 clientes dentro de uma instituição acadêmica em no Reino Unido e em vários estágios de terapia por 10 terapeutas com 26 clientes em três clínicas independentes na Espanha. Os resultados em ambos os países demonstraram ganhos clínicos, mas verificou-se que tal metodologia de avaliação era mais facilmente aplicada dentro de um instituto de treinamento do que na prática privada; também pareceu se adequar melhor ao clima profissional de avaliação do Reino Unido. Sugestões são feitas sobre a introdução de tais pesquisas no futuro.

Resultados Quantitativos e Qualitativos da Psicoterapia de Análise Transacional com Veteranos Masculinos das Forças Armadas no Reino Unido apresentando Transtorno de Estresse Pós-Traumático

© 2014 David Harford e Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/V5I2P35

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de um projeto de pesquisa de dois anos realizado em uma instituição de caridade residencial no Reino Unido, examinando os resultados clínicos da psicoterapia de AT entre 15 veteranos do sexo masculino das forças armadas apresentando TEPT grave (transtorno de estresse pós-traumático) e outras comorbidades distúrbios. Os resultados foram medidos para tratamento de análise transacional (AT) de curto prazo (24 sessões) e longo prazo (52 sessões) usando o CORE-OM quantitativo (Evans, Mellor-Clark, Margison, Barkham, McGrath, Connell & Audin, 2000) , questionários PHQ-9 (Kroenke, Spitzer & Williams, 2001) e GAD-7 (Spitzer, Kroenke, Williams & Löwe, 2006) e a entrevista qualitativa de mudança (Elliott, Slatick, & Urman, 2001, conforme citado em Frommer & Rennie , 2001). Os resultados quantitativos mostram que a Mudança Confiável positiva no sofrimento global, depressão e ansiedade ocorreu nos grupos de tratamento de curto e longo prazo, com alguns clientes alcançando Mudanças Clinicamente Significativas nessas medidas. Achados qualitativos decorrentes da análise temática (Braun & Clarke, 2006) indicam que um amplo espectro de fatores do terapeuta e fatores do processo de psicoterapia dentro da terapia de AT oferecida foram benéficos para esse grupo de clientes em particular. A influência negativa de uma série de fatores psicossociais no bem-estar dos veteranos também é discutida com base em dados numéricos e respostas de entrevistas. No geral, esses resultados sugerem que a psicoterapia de AT pode ser eficaz no tratamento do TEPT em veteranos de combate.

Psicoterapia de Análise Transacional para um Caso Misto de Ansiedade e Depressão: Um Estudo de Caso Adjudicado Pragmático – ‘Alastair’

© 2014 Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/V5I2P66

Resumo

Usando um método original de avaliação de caso que envolveu um painel de análise de mais de 80 psicólogos italianos e incluiu uma avaliação de caso leiga, o autor investigou a eficácia da psicoterapia de análise transacional para um caso de ansiedade e depressão mista com um homem britânico branco de 39 anos que participaram de 14 sessões semanais. CORE-OM (Evans, Mellor-Clark, Margison, Barkham, Audin, Connell e McGrath, 2000), PHQ-9 (Kroenke, Spitzer & Williams, 2001), GAD-7) Spitzer, Kroenke, Williams & Löwe, 2006, e a Escala de Avaliação de Hamilton para Depressão (Hamilton, 1980) foram usada para triagem e também para medição de resultados, juntamente com a Escala de Avaliação de Sessão (SRS v.3.0) (Duncan, Miller, Sparks, Claud, Reynolds, Brown e Johnson, 2003) e a Escala Comparativa Psychotherapy Process Scale (CPPS) (Hilsenroth, Blagys, Ackerman, Bonge e Blais, 2005), dentro de um método geral de adjudicação de estudo de caso. A conclusão do painel de análise e do juiz leigo foi unânime de que este foi um caso de bom resultado e que as mudanças do cliente foram resultado direto da terapia. Pesquisas anteriores de estudo de caso demonstraram que a AT é eficaz para a depressão, e este caso fornece evidências fundamentais para a eficácia da AT para depressão com ansiedade comórbida.

IJTAR Volume 5 Edição 1

Uma análise dos estilos de trabalho em diferentes profissões na Rússia

© 2014 Dmitry Kasyanov

https://doi.org/10.29044/V5I1P9

Resumo

Uma amostra de conveniência de 861 pessoas (451 mulheres, 410 homens) que trabalham em uma variedade de organizações e profissões na Rússia completou uma tradução para o russo do Questionário de Estilos de Trabalho (Hay 1992). A análise estatística indicou adequada discriminação entre os estilos e foi possível criar tabelas de normas com base na amostra completa. Padrões médios são apresentados para cada uma das 15 ocupações, incluindo engenheiros, tecnologia da informação, relações públicas, secretariado, vendas, contabilidade, economistas e funções de RH. Pode-se ver que o estilo Seja Perfeito predomina em todos os padrões ocupacionais, com Agrade Pessoas em segundo lugar na maioria e Corra menos evidente na maioria.

Aplicação da Terapia de Redecisão em Workshops de Coaching Executivo: Parte 1 – o Workshop

© 2014 Mil Rosseau, Rik Rosseau e Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/V5I1P15

Resumo

Primeiro de uma série de três, este artigo descreve como a abordagem de redecisão (Goulding & Goulding 1979) foi aplicada ao longo de muitos anos em workshops de coaching executivo internacionalmente. A controvérsia potencial sobre o uso de uma abordagem terapêutica em um contexto de negócios é abordada, os perfis dos participantes e as características de liderança são descritos, o impacto do ambiente do grupo é considerado e as ligações entre o trabalho em ‘problemas’ e os estágios de cura de Berne (1961) são explicados. As etapas de trabalho estão relacionadas àquelas descritas por Goulding & Goulding (1979) e complementadas com material de McNeel (1999-2000) e Allen & Allen (2002). Este artigo descreve as intervenções que são avaliadas qualitativamente por Widdowson & Rosseau (2014) e que serão posteriormente avaliadas quantitativamente.

Aplicação da Terapia de Redecisão em Workshops de Coaching Executivo: Parte 2 – Uma Exploração Qualitativa das Mudanças dos Participantes

© 2014 Mark Widdowson e Mil Rosseau

https://doi.org/10.29044/V5I1P19

Resumo

Este é o segundo artigo de três e descreve uma investigação sobre como o coaching executivo como um campo crescente de desenvolvimento organizacional pode ser baseado na teoria e nos métodos de análise transacional. Doze participantes que participaram de um workshop de coaching baseado na abordagem de terapia de redecisão de Goulding & Goulding (1979) completaram um Questionário de Mudança de acompanhamento adaptado pelo primeiro autor do material de Elliott et al (2001) e as respostas foram analisadas usando análise temática (Braun & Clarke 2006). Os participantes relataram vivenciar uma ampla gama de experiências de crescimento pessoal, mudança interpessoal positiva e crescimento em seus negócios, habilidades gerenciais e de liderança como resultado da participação nos workshops. As limitações são descritas, incluindo o possível impacto do artefato transferencial de querer agradar o facilitador da oficina. Os resultados da análise temática sugerem que tal abordagem pode fornecer uma estrutura eficaz para workshops de coaching executivo.

Volume 4

Volume 4 Edição 2

Tratamento da Depressão com AT – Um Estudo de Design Hermenêutico de Eficácia de Caso Único – ‘Linda’ – um caso de resultado misto

© 2013 Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/v4i2p3

Resumo

O Projeto Hermenêutico de Eficácia de Caso Único (HSCED) é um método sistemático de pesquisa de estudo de caso envolvendo o exame cruzado de dados de métodos mistos para gerar argumentos plausíveis de que o cliente mudou devido à terapia e explicações alternativas. O presente estudo é o quarto artigo de uma série de casos que investigou o processo e o resultado da psicoterapia de análise transacional usando o Hermeneutic Single-Case Efficacy Design (Elliott 2002). A cliente, Linda, era uma mulher britânica branca de 45 anos com depressão leve que participou de nove sessões de terapia. A conclusão dos avaliadores foi que este era um caso de desfecho misto: enquanto a cliente melhorou ao longo da terapia e foi positiva sobre sua experiência de terapia, suas mudanças não duraram quando ela experimentou eventos estressantes consideráveis ​​durante o acompanhamento. Linda forneceu uma descrição detalhada e idiossincrática dos aspectos da terapia que foram mais úteis para ela. Uma comparação cruzada com outros casos nesta série sugere várias características interessantes que merecem uma investigação mais aprofundada. Especificamente, o uso de uma estrutura teórica compartilhada e uma relação terapêutica igualitária foram úteis. Como em outros casos desta série, a cliente experimentou mudanças positivas em suas relações interpessoais, sugerindo que esse resultado da terapia de AT merece uma investigação mais aprofundada.

TA Tratamento da Emetofobia – Um Estudo de Caso Sistemático – ‘Peter’

© 2013 Colin Kerr

https://doi.org/10.29044/v4i2p16

Resumo

Este estudo relata a aplicação de elementos do Hermeneutic Single Case Efficacy Design (HSCED) (Elliott 2002) a uma intervenção de psicoterapia baseada em AT de 39 sessões com um estudante branco de 19 anos no Reino Unido que sofria de emetofobia. O autor, que também foi o pesquisador, fornece revisões da literatura sobre as características clínicas da emetofobia, contrasta-a com outras fobias e revisa pesquisas anteriores, incluindo abordagens baseadas em AT para fobias em geral. A Metodologia HSCED é brevemente descrita; medidas quantitativas de resultados são obtidas e analisadas usando GAD-7 (Spritzer et al 2006) e SPQ (Elliott et al 1999), e medidas qualitativas por meio de um rico registro de casos, gravações/transcrições de sessões e uma entrevista de acompanhamento de 4 meses. Os 56 critérios de Bohart at al (2011) para adjudicação de provas foram usados ​​juntamente com os critérios do HSCED. Houve fortes evidências de mudanças significativas no cliente, e que essas mudanças eram resultado da terapia.

Avaliação Preliminar dos Resultados da Psicoterapia de Análise Transacional para Veteranos das Forças Armadas com Transtorno de Estresse Pós-Traumático

© 2013 David Harford

https://doi.org/10.29044/v4i2p27

Resumo

Este breve esboço apresenta algumas descobertas iniciais de um projeto piloto realizado em uma instituição de caridade no Reino Unido, examinando os resultados clínicos para uma coorte de veteranos das forças armadas que apresentam transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). Os resultados foram medidos usando CORE-OM (Evans et al 2000), PHQ-9 (Kroenke et al 2001) e GAD-7 (Spitzer et al 2006). Os resultados preliminares mostram que a Mudança Confiável positiva na angústia e ansiedade global ocorreu em 16 sessões. Esses resultados sugerem que a psicoterapia de análise transacional é promissora para o tratamento do TEPT com esse grupo de clientes e que mais pesquisas são necessárias.

Uma Análise dos Estilos de Trabalho Dominantes em Diferentes Profissões na Macedônia

© 2013 Marina Pavlovska

https://doi.org/10.29044/v4i2p30

Resumo

Uma amostra de conveniência de 90 funcionários que trabalham como Economistas, Consultores Jurídicos ou Especialistas em TI em três empresas em Skopje, Macedônia, completou o Questionário de Estilos de Trabalho (Hay 1992) e descobriu-se que havia diferenças estatisticamente significativas nas preferências de estilo de trabalho entre as profissões. Essas diferenças são discutidas em relação à Nomenclatura Nacional das Profissões da Macedônia (State Statistical Office 2011) e as implicações para a gestão de recursos humanos são brevemente analisadas. Limitações são identificadas em relação ao tamanho e localização específica dos sujeitos. Conclui-se que a hipótese de que haverá diferenças entre os estilos de trabalho dominantes das profissões é aceitável. Uma explicação é incluída que esclarece a distinção entre compulsores (Kahler & Capers 1974, Kahler 1975, 2008) e estilos de trabalho (Hay & Williams 1989, Hay 1993, 2009).

Volume 4 Edição 1

Esta edição continha os artigos da Conferência de Pesquisa em AT da EATA.

Volume 3

Volume 3 Edição 2

Tratamento da Depressão com AT – Um Estudo de Design Hermenêutico de Eficácia de Caso Único – ‘Denise’

© Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/v3i2p3

Resumo

O Projeto Hermenêutico de Eficácia de Caso Único (HSCED) é um método sistemático de pesquisa de estudo de caso envolvendo o exame cruzado de dados de métodos mistos para gerar argumentos plausíveis de que o cliente mudou devido à terapia e explicações alternativas. O presente estudo usa o HSCED para investigar o resultado da psicoterapia de AT de curta duração com uma mulher com depressão grave. O objetivo da pesquisa foi investigar a eficácia da terapia de AT de curto prazo para o tratamento da depressão e explorar e identificar os principais aspectos do processo de terapia de AT e fatores associados que promovem mudanças entre casos efetivos. Para aumentar o rigor e abordar o potencial de fidelidade do pesquisador, pesquisadores independentes de psicoterapia adjudicaram o caso e ofereceram um veredito sobre o resultado. A conclusão dos avaliadores é que o cliente mudou substancialmente, e que essas mudanças foram substancialmente devidas aos efeitos da terapia.

Rigor adicional foi introduzido na abordagem HSCED para este 2º caso através do uso de uma classificação de mudança mais rigorosa, uma pontuação maior no índice de mudança confiável, um padrão mais alto de prova, o uso de duas equipes para desenvolver os casos afirmativo e cético e a adição de um terceiro avaliador.

Tratamento da Depressão com AT – Um Estudo de Design Hermenêutico de Eficácia de Caso Único – ‘Tom’

© Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/v3i2p15

Resumo

O Projeto Hermenêutico de Eficácia de Caso Único (HSCED) é um método sistemático de pesquisa de estudo de caso envolvendo o exame cruzado de dados de métodos mistos para gerar argumentos plausíveis de que o cliente mudou devido à terapia e explicações alternativas. O presente estudo usa o HSCED para investigar o resultado da psicoterapia de AT de curta duração com um homem com depressão moderada e comorbidade de ansiedade social. O objetivo da pesquisa foi investigar a eficácia da terapia de AT de curta duração para o tratamento da depressão e explorar e identificar os principais aspectos do processo de terapia de AT e os fatores associados que promovem a mudança entre os casos efetivos. Para aumentar o rigor e abordar o potencial de fidelidade do pesquisador, pesquisadores independentes de psicoterapia adjudicaram o caso e ofereceram um veredito sobre o resultado. O veredito da maioria de dois avaliadores neste caso foi que este era um caso de resultado positivo e que o cliente havia mudado substancialmente e que essas mudanças eram substancialmente devido aos efeitos da terapia. A conclusão do terceiro juiz foi que este era um caso de desfecho misto e que o cliente havia mudado consideravelmente e que isso se devia consideravelmente à terapia.

Este é o 3º caso relatado e um rigor adicional foi introduzido na abordagem HSCED da mesma forma que relatado no documento anexo sobre o 2º caso. (IJTAR 3:2, 3-14)

A presença de injunções em populações clínicas e não clínicas

© Danijela Budiša, Vesna Gavrilov-Jerković, Aleksandra Dickov, Nikola Vučković, Sladjana Martinovic Mitrovic

https://doi.org/10.29044/v3i2p28

Resumo

Vários autores dentro da comunidade de análise transacional postularam que o script de vida de uma pessoa é formado com base em injunções recebidas, que pessoas com transtornos mentais têm injunções mais destrutivas e numerosas e que pessoas com patologia depressiva e paranoide têm diferentes conjuntos de injunções, com o ‘Não pertença’ a sendo mais comum em transtornos paranoicos e o ‘Não seja importante’ em transtornos depressivos. Esta pesquisa foi realizada para verificar tais afirmações, e utilizou a Escala de Injunções de Script (Gavrilov-Jerković et al., 2010) aplicada a uma amostra de conveniência de 100 sujeitos adultos identificados como não clínicos por meio de entrevistas e 100 sujeitos adultos, igualmente divididos entre paranoides e depressivos, identificados pela classificação psiquiátrica com base nos critérios da CID-10. Os resultados fornecem validação parcialmente esperada, com diferença estatisticamente significativa entre a parte não clínica e clínica da amostra. O grupo clínico apresentou escores estatisticamente significativamente maiores nas 12 injunções estudadas. Os sujeitos com características depressivas apresentaram sete injunções mais pronunciadas: Não sinta, Não exista, Não fique bem, Não seja criança, Não faça, Não pense e Não se aproxime..

Volume 3 Edição 1

Tratamento da Depressão com AT – Um Estudo de Design Hermenêutico de Eficácia de Caso Único – ‘Peter’

© Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/v3i1p3

Resumo

O Projeto Hermenêutico de Eficácia de Caso Único (HSCED) é um método sistemático de pesquisa de estudo de caso envolvendo o exame cruzado de dados de métodos mistos para gerar argumentos plausíveis de que o cliente mudou devido à terapia e explicações alternativas. O presente estudo usa o HSCED para investigar o resultado da psicoterapia de AT de curta duração com um jovem com depressão grave. O objetivo da pesquisa foi investigar a eficácia da terapia de AT de curto prazo para o tratamento da depressão e explorar e identificar os principais aspectos do processo de terapia de AT e fatores associados que promovem mudanças entre casos efetivos. Para aumentar o rigor e abordar o potencial de fidelidade do pesquisador, pesquisadores independentes de psicoterapia adjudicaram o caso e ofereceram um veredito sobre o resultado. A conclusão dos avaliadores é que o cliente mudou consideravelmente – substancialmente, e que essas mudanças foram substancialmente devido ao efeito da terapia.

O autor fornece apêndices detalhados para encorajar outros a replicar a pesquisa e adicionar ao corpo de conhecimento baseado no processo HSCED.

Volume 2

Volume 2 Edição 2 de julho de 2011

Análise Transacional como Método Psicoterapêutico – Um Estudo Analítico do Discurso

© 2011 Roland Johnsson

https://doi.org/10.29044/v2i2p3

Resumo

As definições operacionais das categorizações de McNeel (1975) foram desenvolvidas e aplicadas pelo autor e por um avaliador independente para completar a análise do discurso de 72 horas de terapia de grupo de análise transacional no estilo de Goulding & Goulding (1976, 1979) realizada durante 1984/85. Os resultados mostraram que o terapeuta utilizou em média 42% do espaço do discurso e que a terapia de fato continha componentes de AT, sendo as duas categorias principais ‘Contato Afetivo’ e ‘Contratos’, e com uso particular de técnicas de AT de ‘conversar com as projeções do Pai, ‘fazer declaração de afeto’, ‘negociação mútua’ e ‘especificidade/claridade’. A confiabilidade entre avaliadores foi de 46,2% (Araujo & Born 1985), o coeficiente kappa de Cohen (1960) mostra uma propagação que vai desde concordância leve a moderada e a Proporção de Probabilidade (Viera, 2008) está acima de 1,0 para a maioria das categorias.

Avaliação do Cliente em Análise Transacional – Um Estudo da Confiabilidade e Validade do Questionário de Script de Ohlsson, Björk e Johnsson

© 2011 Roland Johnsson

https://doi.org/10.29044/v2i2p19

Resumo

Um questionário de script e lista de verificação correspondente desenvolvido por Ohlsson, Johnsson & Björk (1992) foi usado pelo autor e dois colegas profissionais para avaliar independentemente dez clientes de um grupo de terapia de análise transacional de um ano conduzido pelo autor. Classificações baseadas em respostas escritas no início da terapia foram comparadas com classificações baseadas em entrevistas em vídeo realizadas pelo autor seis anos após o término da terapia. A confiabilidade inter-avaliador foi considerada moderadamente alta, mas a confiabilidade intra-avaliador foi considerada baixa para os avaliadores independentes; a concordância aumentou para os componentes do script  ‘injunção primária do pai’, ‘sentimento disfarce’, ‘escotilha de fuga’, ‘compulsor do pai’ e ‘compulsor da mãe’.

Avaliando os Resultados da Análise Transacional e da Psicologia Integrativa de Aconselhamento em Configurações de Atenção Primária do Reino Unido

© 2011 Biljana van Rijn, Ciara Wild, Patricia Moran

https://doi.org/10.29044/v2i2p34

Resumo

O artigo relata um estudo naturalístico que replicou o design avaliativo associado à iniciativa do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido IAPT − Improving Access to Psychological Therapies (CSIP 2008, NHS 2011), conforme usado anteriormente para avaliar a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC), com o objetivo de avaliar tratamentos de 12 sessões para ansiedade e depressão, aplicando as abordagens da Análise Transacional e da Psicologia do Aconselhamento Integrativo em contextos clínicos reais na atenção primária. Medidas de resultados padrão foram usadas de acordo com o modelo IAPT (CORE 10 e 34, GAD-7, PHQ-9), complementadas com a medição da aliança de trabalho (WAI Horvath 1986) e um inventário de depressão adicional BDI-II (Beck, 1996) e adesão ao modelo terapêutico por meio de questionários recém-concebidos. Os resultados indicaram que a gravidade dos problemas foi reduzida usando qualquer abordagem, comparativamente à Terapia Cognitivo-Comportamental; que a gravidade inicial foi preditiva do resultado; e essa aliança de trabalho aumentou à medida que a terapia progrediu, mas não foi diretamente relacionada aos resultados. A adesão foi alta para ambas as abordagens. Várias áreas para aprimoramentos para pesquisas futuras são sugeridas.

O Impacto na Autopercepção dos Estados do Ego de um Curso de Treinamento Introdutório à Análise Transacional (AT 101)

© 2011 Traian Bossenmayer

https://doi.org/10.29044/v2i2p44

Resumo

A pesquisa examina os efeitos do treinamento de análise transacional (AT) 101 sobre a autopercepção da dinâmica do estado do ego, usando o modelo de estados do ego incorporado ao Adjective Check List (Gough & Heilbrun, 1980). Os sujeitos preencheram os questionários no início e no final do treinamento e um mês depois. A única mudança estatisticamente significativa foi que o Pai Crítico diminuiu após o treinamento e ainda foi reduzido um mês depois, embora não tanto. Verificou-se também que o sexo foi significativo, mas a idade não.

Volume 2 Edição 1 de janeiro de 2011

Estudando a Aculturação usando a Teoria da Análise Transacional: a Interação entre Posições Existenciais e Estilos de Aculturação

© 2011 Lena Kornyeyeva

https://doi.org/10.29044/v2i1p3

Resumo

Este artigo é um relato parcial sobre a pesquisa quantitativa sobre o papel da Posição Existencial Negativa na formação da Personalidade Autoritária (relatada em outros lugares) e características de aculturação entre imigrantes vindos de ambientes autoritários para um meio democrático (Alemanha). Os dados foram coletados entre os entrevistados de diferentes origens: imigrantes na Alemanha da Turquia, ex-União Soviética e países ocidentais e alemães nativos como um grupo quase-controle (N = 1318), com cada subamostra abrangendo pelo menos 200 entrevistados. Várias análises estatísticas foram realizadas para validar os resultados empíricos (da análise de correlação à modelagem de equações estruturais). Confirmou-se a hipótese de que uma Posição Existencial Negativa é mais articulada entre os indivíduos que foram expostos a uma socialização autoritária. Também foi confirmada a hipótese de que uma Posição Existencial Negativa serve como previsão para a chamada Disfunção de Aculturação. A analogia conceitual entre Posições Existenciais e Estilos de Aculturação foi examinada e encontrou-se apoio à hipótese de que quatro possíveis estilos de aculturação (Berry et al., 1987, Berry & Kim, 1988; Berry et al., 1989) estejam correlacionados com a Posição Existencial correspondente.

Impacto do Treinamento em Psicoterapia de Análise Transacional na Autoconsciência e na Capacidade de Contato

© 2011 Biljana de Rijn, Ciara Wild, Heather Fowlie, Charlotte Sills, Servaas de Beekum

https://doi.org/10.29044/v2i1p16

Resumo

Esta pesquisa foi um estudo quantitativo de pequena escala envolvendo alunos em treinamento em psicoterapia de Análise Transacional Relacional no Metanoia Institute em Londres, no Reino Unido, entre setembro de 2007 e julho de 2008. Os pesquisadores tiveram como objetivo avaliar o impacto do treinamento na saúde psicológica dos alunos, usando o ‘ Questionário de Autonomia” (Beekum & Krijgsman, 2000). Isso permitiu medir a evolução da autoconsciência e da capacidade de contato com os outros dos alunos durante o segundo ano de treinamento (primeiro ano de prática clínica) em comparação com os alunos do 4º e último ano. O escopo do estudo e os achados são exploratórios. A pesquisa levanta questões para futuras pesquisas nas áreas de treinamento e supervisão em psicoterapia.

Metodologia de Pesquisa de Estudo de Caso

© 2011 Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/v2i1p25

Resumo

Comentando sobre a falta de estudos de caso publicados em publicações modernas de psicoterapia, o autor revisa os pontos fortes da metodologia de estudo de caso e responde às críticas comuns, antes de fornecer um resumo dos tipos de estudos de caso, incluindo clínico, experimental e naturalista. Sugestões são incluídas para o desenvolvimento de estudos de caso sistemáticos e são fornecidas breves descrições de uma série de recursos de pesquisa relacionados a medidas de resultados e processos. Exemplos de um projeto de estudo de caso pragmático e um projeto hermenêutico de eficácia de caso único são dados e o artigo conclui com algumas considerações éticas e uma exortação à comunidade de AT para se envolver mais amplamente na pesquisa de estudo de caso.

Volume 1

Volume 1 Edição 1 de julho de 2010

Base de evidências científicas para análise transacional no ano de 2010

© 2010 Thomas Ohlsson

https://doi.org/10.29044/v1i1p4

Resumo

O International Journal of Transactional Analysis Research, IJTAR, foi criado para estimular a pesquisa e apoiar o esforço contínuo para construir uma base de evidências científicas para a análise transacional (AT). Esse artigo é uma tentativa de localizar o ponto de partida para a revista, a fim de identificar, avaliar e tirar conclusões do que já foi feito, e articular a base de evidência científica existente para AT no ano de 2010.

Procedimentos de Cálculo Matemático e Compulsores em Ação no Ambiente de Aprendizagem

© 2010 Cesare Fregola

https://doi.org/10.29044/v1i1p30

Resumo

O artigo relata os resultados qualitativos da fase experimental de um estudo para examinar as ligações entre as experiências de aprendizagem das crianças associadas à divisão de dois dígitos e o conceito de compulsores na análise transacional. O autor apresenta resultados obtidos a partir de um processo que utilizou um questionário desenvolvido durante uma fase heurística anterior da pesquisa, combinado com observações das crianças por parte de alunos de graduação, desenhos produzidos pelas crianças e observações de professores sobre as transações de permissão utilizadas. Exemplos são fornecidos para cada um dos cinco compulsores.

A Relação entre o Ensino da Teoria da Análise Transacional e o Lócus de Controle dos Estudantes Universitários: uma Pesquisa Empírica

© 2010 Yang Mei

https://doi.org/10.29044/v1i1p40

Resumo

Uma investigação, por meio de pesquisa empírica, da relação entre a formação em teoria da Análise Transacional e o Lócus de Controle de estudantes universitários. Duas pesquisas por questionário foram realizadas antes e depois das aulas de Análise Transacional, e foram coletados relatos de narrativas pessoais dos alunos. Verificou-se que a educação psicológica em Análise Transacional se correlacionou com uma redução nas pontuações para a propensão ao Controle Externo dos 81 alunos, e suas atribuições apresentaram propensão semelhante. Foi demonstrado que o conhecimento em Análise Transacional foi ajuda os alunos a descobrir e explorar seus próprios potenciais e liberar sua criatividade. Propõe-se que seja considerado um aumento da teoria da análise transacional na educação de estudantes universitários.

A dimensão afetiva da aliança na psicoterapia de análise transacional

© 2010 Roland Johnsson e Gunvor Stenlund

https://doi.org/10.29044/v1i1p45

Resumo

O estudo descreve uma investigação do significado da dimensão afetiva da aliança terapêutica (Bordin 1979), em uma forma psicodinâmica de terapia de análise transacional ao estilo de “Terapia de redecisão” (Goulding & Goulding, 1979). Exploramos o padrão de relacionamentos afetivos do cliente pelo uso do CCRT (o método Core Conflictual Relationship, Luborsky & Crits-Christoph, 1990, 1998) e examinamos como o terapeuta responde às mensagens afetivas do cliente (“testes”) pelo uso do método de Plano Diagnóstico (Weiss & Sampson, 1986). Descobrimos que os aspectos “emocionais” desempenham um papel mais decisivo do que o previsto no método de redecisão da AT e abordagens semelhantes de psicoterapia de AT que enfatizam contratos, tarefas de terapia e uma abordagem racional.

A Base Empírica da Medicina em busca da Humanidade e a Psicoterapia Naturalista em busca de suas Raízes Hermenêuticas

© 2010 (inglês) Pio Scilligo

https://doi.org/10.29044/v1i1p60

Nenhum resumo apareceu. Esse artigo foi originalmente publicado em italiano como ‘La base empirica della medicina alla ricerca di umanità e una psicoterapia naturalistica alla ricerca delle sue radici ermeneutiche’ em: “Psicologia Psicoterapia e Salute” 2006, Vol.12, No. 1, 1 – 30 .A revisão do IFREP-93′. Esta tradução aparece com a gentil permissão do IFREP-93.

Metodologia de Pesquisa de Estudo de Caso

© 2011 Mark Widdowson

https://doi.org/10.29044/v2i1p25

Resumo

Comentando sobre a falta de estudos de caso publicados em publicações modernas de psicoterapia, o autor revisa os pontos fortes da metodologia de estudo de caso e responde às críticas comuns, antes de fornecer um resumo dos tipos de estudos de caso, incluindo clínico, experimental e naturalista. Sugestões são incluídas para o desenvolvimento de estudos de caso sistemáticos e são fornecidas breves descrições de uma série de recursos de pesquisa relacionados a medidas de resultados e processos. Exemplos de um projeto de estudo de caso pragmático e um projeto hermenêutico de eficácia de caso único são dados e o artigo conclui com algumas considerações éticas e uma exortação à comunidade de AT para se envolver mais amplamente na pesquisa de estudo de caso.